Está à procura de uma vaga a tempo inteiro no futebol? Aqui estão algumas dicas

Partilhar

Carreiras

O Liverpool FC chamou muita atenção recentemente por anunciar uma vaga de treinador de lances de bola parada no LinkedIn. Na última temporada, marcaram 15 golos a partir de lances de bola parada, ficando em 5.º lugar na Premier League. Embora o 5.º lugar seja respeitável, o Liverpool quis uma mudança e recorreu a anúncios de emprego tradicionais para encontrar novos talentos. Cada vez mais equipas estão a adotar esta abordagem, o que apresenta oportunidades para profissionais da indústria desportiva e para uma gama mais ampla de candidatos de outras indústrias que procuram uma mudança de carreira para o futebol. Aqui estão algumas dicas para quem procura mudar de carreira para um papel a tempo inteiro no futebol. 1. Adapte o seu CV em termos desportivos O seu CV é a sua primeira impressão, por isso, certifique-se de que reflete a sua paixão e experiência em desporto. Destaque quaisquer atividades, conquistas ou funções relevantes que demonstrem as suas competências e interesse no futebol. Evite fotos não profissionais, designs confusos e a falta de um plano de carreira claro. O seu CV deve contar a história da sua jornada e das suas aspirações na indústria do futebol. 2. Faça contacto com recrutadores da indústria Networking é crucial em qualquer indústria, e o futebol não é diferente. Use plataformas como LinkedIn e Xing para se conectar com recrutadores e profissionais da indústria. Para oportunidades de emprego mais especializadas, visite sites como FutbolJobs, Jobs4Football, Jobs In Football e Football Careers. Construir relações pode abrir portas para oportunidades que não encontraria através de pesquisas de emprego tradicionais. 3. Foque-se em novos papéis a emergir no desporto A indústria do futebol está a evoluir e novos papéis estão a surgir, particularmente em TI e análise de dados. Estas posições estão a tornar-se cada vez mais importantes para as equipas que procuram obter uma vantagem competitiva. Se tiver experiência em TI, ciência de dados ou análise, pode descobrir que as suas competências estão em alta procura. 4. Esteja preparado para descer temporariamente de posição e para papéis de voluntariado Entrar numa nova indústria pode ser desafiante e pode precisar de começar com posições temporárias ou de nível inferior. Voluntariar-se ou fazer estágios pode proporcionar experiência valiosa e ajudar a construir uma rede dentro da indústria. Seja paciente e persistente, pois estes papéis podem ser trampolins para posições mais permanentes e de nível superior. 5. Nunca há um candidato perfeito para um emprego Muitos candidatos hesitam em candidatar-se a funções a menos que cumpram 100% dos requisitos. No entanto, os empregadores frequentemente procuram candidatos que cumpram 80-90% dos critérios e tenham potencial para crescer no papel. Não se desencoraje se não preencher todos os requisitos—se acredita que pode adicionar valor à equipa, vá em frente e candidate-se. Conclusão A transição para um papel a tempo inteiro no futebol requer uma abordagem estratégica e a vontade de se adaptar. Ao adaptar o seu CV, fazer networking com profissionais da indústria, focar-se em papéis emergentes, estar aberto a posições temporárias ou de voluntariado e entender que a perfeição não é necessária, pode aumentar as suas chances de entrar neste campo emocionante. Mantenha a sua paixão pelo jogo viva e permaneça dedicado aos seus objetivos de carreira.


P.S. Durante 2 meses, a equipa da ScoutDecision fez um questionário a scouts e analistas sobre os seus empregos, a forma como trabalham e muito mais. Agora pode ler os resultados gratuitamente aqui: Football Scouting Survey 2024

ScoutDecision Logo 9

Comunidades ScoutDecision

Quer estabelecer ligações com outros Scouts, Treinadores ou Agentes?

Junte-se ao nosso canal WhatsApp para conversar sobre ideias e oportunidades!